Queres um hidrato praticamente sem calorias? O Arroz Konjac da Prozis é exatamente o que procuras. Sabe mais neste artigo!

Arroz Konjac da Prozis – O arroz sem calorias?

/

Bem-vindo(a) à análise crítica do Arroz Konjac da Prozis – o alimento que tem estado a revolucionar milhares de dietas para perda de peso em Portugal!

Hoje vamos analisar este arroz de konjac que é uma das estratégias mais eficazes para tornares as tuas refeições mais saciantes e volumosas sem adicionar praticamente calorias nenhumas à tua refeição!

Uma verdadeira hack de qualquer dieta para perda de gordura.

ARROZ KONJAC DA PROZIS – O ARROZ SEM CALORIAS

O Arroz Konjac da prozis é um dos produtos que mais tenho utilizado comigo e com os meus atletas para contornar a fome e tornar qualquer dieta de queima de gordura muito mais fácil de cumprir.

Estou a falar-te de um arroz “fora do normal”, que é bastante saciante e praticamente não tem calorias.

O que é algo brutal para qualquer fase de perda de peso!

Mas o que é afinal este “arroz maravilha”?

Vamos descobrir!

O QUE É O KONJAC?

O arroz de shirataki (ou arroz do milagre) é feito através da planta Konjac.

O konjac é uma raiz que tem cerca de 97% água e 3% de fibra, o que confere aos alimentos de konjac a sua textura gelatinosa e aquosa.

Por isso, este “arroz” (e os produtos de konjac) não contém praticamente calorias nenhumas.

Sendo composto maioritariamente por água e fibras cujas calorias não irás absorver quase na totalidade.

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL

Informação nutricional do Arroz Konjac da Prozis.

Sim, viste bem: apenas 8 kcal por 100g de alimento.

Que ainda por cima são calorias vindas de fibras – que poderás não absorver na totalidade (dada a digestão da fibra).

Isto significa que, essencialmente, estás a ingerir algo que vai ocupar espaço no teu estômago (e saciar-te), sem absorver praticamente calorias nenhumas.

O paraíso para uma fase de perda de peso.

SABOR DO ARROZ KONJAC

Não te vou mentir: o sabor não é o forte do arroz konjac.

De todo.

Atenção: não sabe mal. Simplesmente não sabe a nada.

É literalmente comer algo simplesmente para encher a tua barriga e calar a fome.

E tudo bem! Porque é exatamente para isto que serve: para te ajudar em dietas de perda de peso onde estás a cortar na alimentação e não queres sentir fome.

Nem grandes apetites.

E nisso: o arroz konjac é brutal.

Consegues preencher um prato com menos de 20 calorias.

E, ao não saber a grande coisa, sacia-te imenso sem te dar vontade de comer mais e mais.

O mesmo não podemos dizer de um alimento saboroso: que só te dá vontade de repetir.

Agora… isto não significa que tenha de ser 100% sem sabor.

Aliás: combinado com umas boas leguminosas (para promover ainda mais a tua saciedade e ajudar com a tua micronutrição)… fica ótimo!

COMO PREPARAR O ARROZ KONJAC?

Super simples!

  1. Abre a embalagem
  2. Lava o arroz konjac em água fria a morna durante 20 a 30 segundos (num escorredor) para retirar todo o “líquido” em que vem envolvido.
  3. Coze-o em água a ferver durante 1 a 2 minutos.
  4. Escorre novamente.
Uma embalagem de Arroz Konjac da Prozis preparado - menos de 20 calorias neste prato todo!
Uma embalagem de Arroz Konjac da Prozis preparado – menos de 20 calorias neste prato todo!

Para que não saiba tão “estranho”, recomendo que temperes com sal e até mesmo pimenta ou caril.

Fica com um toque muito interessante e que se adequa bem a uma refeição com carne ou peixe!

DICA: Pessoalmente misturo o meu konjac com leguminosas (grão, ervilhas, feijão, …) e muitas vezes com cenoura, alho e cebola. Dá um gosto brutal, carregado de micronutrientes e saciedade!

UTILIZAÇÃO PRÁTICA

Quais é que são as melhores refeições do dia para utilizares o arroz konjac?

Teoricamente, não existe uma “melhor” refeição.

Trata-se de um alimento praticamente sem calorias cuja “função” é apenas saciar-te.

Não é nutrir-te, potenciar o treino ou acelerar a recuperação.

Além disso, não é a solução mais barata do mundo.

Custa muito mais do que o arroz ou outro hidrato “normal”.

E também não é um “tapa-buracos” – se a tua dieta para emagrecer não estiver devidamente otimizada, com uma boa escolha de alimentos, não recomendo que dependas de “alimentos-zero” como o arroz konjac para te saciar a cada refeição.

Se queres os melhores resultados com a tua dieta de cutting vais ter de optar por alimentos ricos nutricionalmente e de baixa densidade energética. Sim ou sim.

Mas não deixa de ser uma ótima ferramenta para utilizares na tua dieta quando fizer sentido.

Por isso, eis a minha recomendação:

Guarda as refeições pré e pós-treino para algo com mais hidratos e calorias.

Estas são as refeições onde mais irás beneficiar de hidratos de carbono “a sério” para potenciar a tua performance e recuperação, respetivamente.

E utiliza alimentos como o arroz konjac (ou outros “alimentos-zero”) nas alturas do dia onde sentes mais fome. Principalmente naqueles dias mais críticos.

Por exemplo: se tendes a ter mais fome ao almoço, experimenta adicionar um pouco de arroz konjac a essa refeição.

Ou até mesmo numa ceia (se à noite antes de dormir é a altura onde sentes mais fome normalmente).

Pessoalmente, só utilizo o konjac ao jantar em défice calórico.

Essa é a minha última refeição do dia e já tive pelo menos 1 refeição pós-treino antes disto.

Assim, consigo poupar algumas calorias que utilizaria em hidratos (principalmente se estiver em mini-cut) e manter-me super saciado para ir dormir!

.

ONDE COMPRAR ARROZ KONJAC?

Podes encontrar este arroz brutal neste link.

E o melhor?

É que podes usar o código BREAKING no check-out para teres desconto na tua encomenda e ganhares bónus exclusivos!

Usa o código BREAKING no check-out para teres desconto em toda a tua encomenda e ganhares bónus exclusivos!

CONCLUSÃO

Não existem alimentos com literalmente zero calorias.

Mas existem alimentos como o konjac que te oferecem um volume enorme por uma ninharia de calorias.

Não é algo nutritivo nem “interessante” em termos de saúde ou performance.

Mas é brutal para encher o teu estômago e te ajudar a lidar com a fome durante um cut.

Pessoalmente, não recomendo usar o Konjac em todas as refeições.

Além de ser mais caro do que os hidratos tradicionais, estás a meter alimentos para dentro dos quais não vais retirar grande proveito além da saciedade.

Mas é uma “ferramenta” alimentar brutal para teres em casa em períodos de défice. Principalmente para te ajudar os dias em que estás com uma fome descomunal e sabes que a refeição que tinhas planeado não te vai saciar o suficiente.

Bons treinos!

E não te esqueças…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *